voltar VOLTAR
HEROIS DA SAÚDE

contemporaneo

José Silveira
(1904 - 2001)
(1924 - XXXX)
jose_silveira

José Silveira

1904 2001
  • 1937 Fundou o Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose – IBIT, primeira no Brasil.
  • 1940 Fundou o Hospital do Tórax (atual Hospital Santo Amaro).
  • 1948 Lançou a Campanha Nacional Contra a Tuberculose.
Dr. José  Silveira. Fonte: FJS

Dr. José Silveira. Fonte: FJS

Médico, professor e cientista, José Silveira, nasceu em 03 de setembro de 1904 em Santo Amaro da Purificação, Bahia. Sua trajetória foi de menino pobre a médico renomado, com a criação de um centro cultural, instalado no sobrado onde passou sua infância. Para lá levou as medalhas e os símbolos que significavam para ele a possibilidade de ascensão social do indivíduo que nasceu pobre. Mudou-se para Salvador para cursar a Faculdade de Medicina quando tinha 26 anos de idade, tendo defendido tese de doutorado em 1928, intitulada “Radiologia da Aorta Descendente”, laureada com o prêmio Alfredo Britto por ter sido a melhor tese da sua turma, interesse esse gerado ainda enquanto estudante, quando trabalhava no Gabinete Médico de Eletricidade e Luz, do médico Prado Valladares, ao qual se refere como seu “grande mestre”.

José Silveira morreu aos 96 anos de idade considerando-se simplesmente um tisiólogo, aquele que criou o IBIT, a primeira e única instituição voltada para a pesquisa da tuberculose no Brasil1.  Brasileiros e sobretudo baianos, merecem redobrar a atenção à morbi-mortalidade causada pelo bacilo de Koch, para honrar o legado de José Silveira.

Sua opção pela tisiologia ocorreu mais tarde, em viagem que realizou à Alemanha, após sua formatura, buscando aprofundar os conhecimentos sobre radiologia. Estabelecido profissionalmente como tisiologista, tornou-se professor da Faculdade de Medicina da Bahia.

Raio-X do peito de um paciente com tuberculose. Fonte: Fiocruz

Raio-X do peito de um paciente com tuberculose. Fonte: Fiocruz

Entrou em contato com instituições que se dedicavam ao combate à tuberculose, identificando a distância que havia entre aquele país e a luta contra tuberculose na sua terra natal. Retornando ao Brasil, criou no Ambulatório Augusto Viana da Faculdade de Medicina da Bahia, um Serviço de Tisiologia, passando a atender os pacientes portadores de tuberculose1. Em 1937, ano em que o Brasil concentra os poderes executivos e legislativos nas mãos do Presidente da República e o sanatório do Distrito Federal começa a ser construído o Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose (IBIT). Nesse momento, o médico José Silveira, seu idealizador, proferiu discurso em que ressaltava as finalidades fundamentalmente científicas da instituição. Sua principal razão de ser era a pesquisa da tuberculose2. Professor de tisiologia da Faculdade de Medicina da Bahia, criou um Serviço de Tisiologia no Ambulatório Augusto Viana, passando a atender os pacientes portadores de tuberculose. Em seu caráter empreendedor, buscou parcerias e criou 2 instituições de luta contra a tuberculose: Instituto Brasileiro para a Investigação da Tuberculose (IBIT) e o Hospital do Torax, todas sem fins lucartivos. Em 1948 lançou a Campanha Nacional Contra a Tuberculose.

Na década de 40, quando a mortalidade alcançava a assustadora taxa de 500 por 100.000 habitantes, Silveira novamente apresentou-se como o principal profissional da tisiologia, a partir de seus métodos a investigação científica, instrumento que faltava no armamento contra a tuberculose no país. Foram exatamente a determinação para o estudo e a dedicação pela ciência que fizeram com que Silveira concretizasse inúmeras contribuições ao Brasil no campo da saúde pública. Foi ele um dos mais destacados personagens na luta pela erradicação da tuberculose3 .

No final da década de 1950, expandiu seu trabalho em direção à criação de um Hospital do Tórax, depois transformado em Hospital Santo Amaro, sob a centralização da Fundação José Silveira, formada por unidades independentes capazes de gerar os recursos necessários para a manutenção e sobrevivência do Instituto, responsável pelo atendimento das populações de menor renda, sem condições para tratamento no âmbito privado4. Em nosso país, houve uma expansão significativa das atividades de controle da tuberculose durante a década de 70 e apesar das conquistas do Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose (IBIT), a tuberculose ainda representa sério problema de saúde no Brasil, pelo grande número de pessoas que atinge. Na Bahia, a tuberculose é endêmica e, a cada ano, surgem 8 mil novos casos notificados – 85 mil, no Brasil5.O registro de cura da doença é de 90% dos casos anualmente, os dados de abandono do tratamento variam entre 15% e 20%, e os óbitos chegam a 3,8% registrados em 2002 enfatizando o serviço social disponibilizado pelo IBIT, primeira e única instituição voltada para a pesquisa da tuberculose no Brasil, em 1937.

Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose – IBIT (ladeira do Campo Santo, Salvador, Bahia). Fonte : FJS

Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose – IBIT (ladeira do Campo Santo, Salvador, Bahia). Fonte : FJS

Em 1988, foi criada a Fundação José Silveira (FJS) uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, de natureza científico-cultural que objetiva, através de seus empreendimentos, alcançar os melhores padrões de qualidade para servir à comunidade.

Atualmente, composta de seis unidades:

– Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose (IBIT)

– Instituto Bahiano de Reabilitação (IBR)

– Hospital Santo Amaro (HSA)

– Laboratório José Silveira (LJS)

– Gerência de Projetos de Saúde (GPS)

– Gerência de Segurança e Meio Ambiente (GSMA)

O Hospital Santo Amaro foi inaugurado em 18 de janeiro de 1988, batizado com o nome de um dos municípios baianos, numa justa homenagem à terra natal do incansável fundador de todo este trabalho, o cientista José Silveira. O IBR (Instituto Bahiano de Reabilitação) atua na recuperação de pessoas com deficiência motora, é através da Fundação José Silveira que o IBR obtém os recursos necessários para a sua manutenção, desenvolvimento tecnológico e assistência social.

Instituto Bahiano de Reabilitação. Fonte: FJS

Instituto Bahiano de Reabilitação. Fonte: FJS

Referências:

  • SILVA, M.E.L.N. José Silveira e suas memórias: Escrita de  SI, história do  IBIT. In: IV ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA – ANPUH-BA HISTÓRIA: SUJEITOS, SABERES E PRÁTICAS.29 de Julho a 1° de Agosto de 2008.Vitória da Conquista – BA.Disponivel em:<UESB> Acesso em : 13 julho 2010)
Como citar esta página: – Brazil, T.K. (organizadora), Silva, A.B.; Costa, M.F.D. . José Silveira. Museu Interativo da Saúde na Bahia. Disponivel em: http://www.misba.org.br/heroi/jose-silveira/. Acesso em: 18/12/2017 09:49:00.